segunda-feira, 18 de abril de 2011

diálogo ?

    (E pensar que um texto bobo como este abaixo seria a semente de algo cada vez mais realmente importante...) 
Me sinto meio estranho, falando sobre arte sentado num sofá.
Pensando, só se for. Só se fosse alguém pensando em você falando sobre arte sentado num sofá
Sim, eu tenho de pensar pra poder falar. Onde nós paramos?
Onde você parou, não?
Não, estávamos discutindo. A última a falar foi você.
Isso é você quem está dizendo.
Quem sabe não foi você?
A última a falar?
A primeira a falar que você foi a última.
Você se acha um artista mesmo, não é? Carregando esse caderninho por aí...
Isso depende de o que é considerado arte. Sabe?
É? E o que você considera arte?
Arte pra mim é tudo o que eu gosto.
E você gosta de andar por aí carregando esse caderninho?
Sim, gosto sim. E você? Pra começar a falar em arte assim do nada, deve ter um bom motivo... Não?
Nenhum específico. Talvez tenha pensado em algo. Mas não fiquei sabendo.
Acontece. E então, o que você considera?
Me sinto meio estranho, falando sobre arte sentado num sofá.
Pensando, só se for. Só se fosse alguém pensando em você falando sobre arte sentado num sofá.
Sim, eu tenho de pensar pra poder falar. Onde nós paramos?
Onde você parou, não?
Não, estávamos discutindo. A última a falar foi você.
Isso é você quem está dizendo.
Quem sabe não foi você?
A última a falar?

.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

uma pessoa específica

.


Meu amigo, você sabe
que essa mentira não vai
te levar pro céu
essa mentira não vai
te levar pro céu
(*)

diz em qual nome
por traz se esconde
diz a qual nome
você é mais fiel
(**)

Depois das oito horas ( da manhã )
diz adeus, vai-se embora
chega em casa e deita da cama
finje que vai dormir

Ah, assim não me engana
o Sol vai fazer surgir
aquele que desconheço


Meu amigo, você sabe
que essa mentira não vai
te levar pro céu
essa mentira não vai
te levar pro céu
(*)

diz em qual nome
por traz se esconde
diz a qual nome
você é mais fiel
(**)

Depois das oito horas ( da noite )
diz já vai e olá minha senhora
chega na rosa e traz as nossas chamas
finje que vai me ouvir

Ah, mas essa sua fama
Só a lua ilumina
e quantas coisas eu confesso
sentado logo alí

Meu amigo, você sabe
que essa mentira não vai
te levar pro céu
essa mentira não vai
te levar pro céu
(*)

.


terça-feira, 5 de abril de 2011

só mais três vezes...

.


E quando eu sussurrar promessas
de um romance ainda inacabado
suave e sem pressa
perto das partes mais claras
de seu leve bronzeado...

Ah, mas vai ser
muito mais
do que só a pele
a tona traz

ah, mas vai querer
muito mais
que só o tempo
a procura da paz

E em próprio mútuo pensamento
eu só sussurro promessas
( suave e sem pressa )
de um romance inacabado
nas partes mais claras
de seu leve bronzeado

.