domingo, 20 de março de 2011

razão

.

Desde quando tenho de ter
um motivo para tanto rir?
Se o mundo inteiro já me é
mais do que o suficiente
( sem que ninguem se esforçe )

Seja um desenho que o tempo fez no chão
seja o seco gosto de um vinho
ou a irônica obrigação
de fazer algo que não me convém

Vou achar graça sim.
( Isso declaro como algum tipo de promessa )

Porque por mais que seja
difícil de não se duvidar
Tudo que tem um lado ruim
tem também um lado bom.

E para mim,
o lado que rima, com o fim - do verso acima -
há de ser visto somente pelos meus olhos completamente fechados.


.

sábado, 19 de março de 2011

Antes do que imaginaria

.

Porque não fazer do amanhã
o Hoje de daqui algumas horas?

Esquece como o tempo
há de se transformar em zero
para que surja o sol no horizonte

A melhor surpresa dos minutos que passam lentos
sem dúvida virá de onde menos espero.
( Há de ser cheia a lua que agora está minguante )

Porque não fazer do amanhã
o Hoje de daqui algumas horas?

Deixa de lado o sono
transforma cansaço em sonho.
Só para que o logo logo
seja agora o quanto antes.


Quero guardar o meu caderno.
pegar minha bicicleta.
pedalar o meu caminho
até chegar na minha rua.
encontrar com minha sanidade.
ter ela em meus braços.
E, finalmente, depois de todo esse tempo,
refletido em tudo o que é meu, 
o brilho dos olhos dela há de fazer surgir
algo além do tempo no passar de nossas vidas.
como deve ser.


.

segunda-feira, 14 de março de 2011

pedaços

.


Sim, Sinto falta da audácia de seus melodramas.
Só de pensar em toda a angústia que me inflama,
não entender o sentido de tantas gritarias
tudo por causa de algo tão pequeno
que mal nenhum lhe faria... ai ai.

Não entendo o temor pelo o que não temo
Não entendo sua dor pelo o que tanto amo
Estendo a coberta sobre o que quero ver
( Só pra te agradar amor )
Faço sim, e você sabe porque.

Só espero que esse desespero se cure
que um dia seu corpo em pé se segure
quando passar voando a borboleta
( seja azul ou seja preta )
Só queria que pudesses ver o mundo
como eu vejo o mundo.



.