segunda-feira, 30 de agosto de 2010

brotamento

psicografo palavras de meu prórpio subconsciente em pura profusão de letras e sentimentos .  tudo, tudo, tudo que eu não penso e interpretado pela a ausência de mim mesmo. não penso. logo, não existo. quer dizer. o que eu penso não se aplica. não aqui. eu simplesmente teclo as teclas ou mexo a caneta. psicografo minhas próprias palavras que brotam ou jorram de minha boca ou nem isso. palavras que escutei a um bom tempo
ou nenhum. algo que gritam na sala de estar. é tudo estado de esp´rito nem sei se acerto a ortografia.
o que é ortografia ?
 ortografia é mais um impedimento para nossas... qual a apalavra ? não sei. expressionismo. lembram de dadaísmo? vi simpsons hoje de manhã. fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário