terça-feira, 13 de outubro de 2009

o novo

.



Caricatura.

É o que ele é.
Uma fraca e desgasta caricatura do que ja fora em tempos passados.

E este era novamente mais um repetitivo dia de sua ridículamente repetitiva vida moderna.

Até que Jorge escutou um barulho vindo do lado de fora de sua janela.

Uma música.

E isso trazia tantas memórias.
lembrava-se dos tempos de prazeres e glórias.

Um novo jóvem adulto se mudara para o prédio da frente.
Jorge vira os móveis sendo carregados portaria a dentro dois dias antes.
pelo menos agora, a algazarra e os berros importúnios dos ultimos sois eram compensados pela alegria musical do brevemente pós-adolescente.

Os alegres altos do Jazz, a breve gaita de um blues, ao incrível que pareça, violinos, lindas vozes e o som de alguns destes novos instrumentos eletrônicos ecoavam por de traz da rua.

Leves, baratas, e cômicas janelas, vibravam descontroladas - o apartamento inteiro pareceu surpreender-se com o deleite de seu novo dono, e dançava, então, ritmado, junto aos sons do poderoso alto falante - Inalguração. Ao que parecia, o novo morador se divertiria esta lua.



.

Um comentário:

  1. Oi Erik,
    acabei de ver no blog de um outro amigo que existe um jeito de cadastrar o email para receber aviso de atualização. o aplicativo chama FeedBurner, dá uma olhada.

    ResponderExcluir